Meu Diário
16/06/2017 09h34
Fundação Universidade Federal do ABC lança editais de seleção pública para contratação de professores adjunto e visitant

FUNDAÇÃO UNIVERSIDADE FEDERAL DO ABC EDITAL No - 99, DE 2 DE JUNHO DE 2017 ABERTURA DE CONCURSO PÚBLICO PARA PROVIMENTO DE CARGO EFETIVO DE PROFESSOR ADJUNTO A - NÍVEL I, DA CARREIRA DO MAGISTÉRIO SUPERIOR; ÁREA: ENGENHARIA AMBIENTAL E URBANA / SUBÁREA: ANÁLISE DE ESTRUTURAS E CONSTRUÇÕES SUSTENTÁVEIS.

http://pesquisa.in.gov.br/imprensa/jsp/visualiza/index.jsp?jornal=3&pagina=34&data=08/06/2017

O Reitor da Fundação Universidade Federal do ABC (UFABC), no uso de suas atribuições legais e considerando a vaga remanescente do edital nº 210/2015 de 10/12/2015, publicado no DOU em 14/12/2015, homologado pelo Edital nº 283/2016 de 22/11/2016, publicado no DOU em 25/11/2016, torna público, nos termos da Base Legal indicada, o Edital de abertura de inscrição, destinado a selecionar candidatos por meio de concurso público de provas e prova de títulos para o cargo de Professor do Magistério Superior nas condições e características a seguir: 1. DAS CONDIÇÕES E CARACTERÍSTICAS 1.1. Classe: Adjunto A - Nível 1 / Regime de Trabalho: Tempo Integral (40h semanais) e Dedicação Exclusiva / Base Legal: Leis nº 7.596/1987, 8.112/1990, 9.394/1996, 12.772/2012, 12.863/2013, 12.990/2014 e 13.325/2016 e os Decretos nº 3.298/1999, 6.944/2009 e 7.485/2011 e alterações, Portaria Interministerial nº 399/2016 Portaria nº 450/2002 / MPOG / Vaga: 01 (uma).

1.2. Período de Inscrição: 12/06/17 a 14/08/17 1.3. Taxa de Inscrição: R$ 239,00 1.4. Remuneração: Vencimento Básico 4.446,51 Retribuição por Titulação (doutor) 5.123,90 Remuneração Inicial (doutor) 9.570,41 1.5. Área e Subárea Área: Engenharia Ambiental e Urbana / Subárea: Análise de Estruturas e Construções Sustentáveis. 2. DO CONTEÚDO PROGRAMÁTICO: 2.1. Estática, Geometria de um corpo deformável. 2.2. Campo de deformações. Força e Tensão. Campo de tensões. Equações de equilíbrio. Equações constitutivas. Corpos elásticos. Lei de Hooke. Estado de tensões e deformações. 2.3. Análise de tensões deformações e deslocamentos em estruturas isostáticas (vigas simples, vigas gerber, quadros, arcos e treliças) e diagramas de esforços internos solicitantes. 2.4. Estruturas hiperestáticas; métodos dos esforços; métodos dos deslocamentos; linhas de influência. 2.5. Estabilidade das estruturas. 2.6. Flambagem. 2.7. Sistemas estruturais. 2.8. A utilização de resíduos e materiais recicláveis. 2.9. Possibilidades construtivas dos materiais não convencionais (terra crua, bambu, papelão, madeira proveniente de plantios florestais). 2.10. Requisitos de desempenho dos materiais e elementos construtivos convencionais e não convencionais. 2.11. Representação gráfica: vistas ortogonais, cortes, perspectivas, cotagem. 3. DA BIBLIOGRAFIA RECOMENDADA: 3.1. BEER, F. P., JOHNSTON Jr. R. Resistência dos materiais. 4ed. São Paulo, McGraw-Hill, 2010. 3.2. BEER, F. P., JOHNSTON Jr. R et al. Mecânica vetorial para engenheiros - estática. 9ed. São Paulo, Bookman, 2011. 3.3. HIBBELER, R. C. Estática - Mecânica para engenharia. 12ed. São Paulo, Prentice Hall Brasil, 2015. 3.4. HIBBELER, R. C. Resistência dos materiais. 7ed. São Paulo, Pearson Education, 2010. 3.5. CRAIG, R. R. Mecânica dos materiais. 2ed. Rio de Janeiro, LTC. 2002. 3.6. FREIRE, W. J. Tecnologias e materiais alternativas de construção. Campinas, Unicamp, 2004. 3.7. Materiais de construção civil e princípios de ciência e engenharia dos materiais. Ed. G. C. Isaia. 2ed. São Paulo, Ibracon, 2010. V.1 e V.2. 3.8. SALVADORI, M.. Por que os edifícios ficam de pé. 2ed. São Paulo. WMF Martins Fontes. 2011. 3.9. EVANS, P.; MCLEAN, W.; SILVER, P. Sistemas Estruturais. São Paulo. Edgard Blücher. 2014. 3.10. RIBEIRO, A. C.; PERE, M. P. IZIDORO, N. Curso de desenho técnico e AutoCAD. São Paulo, Pearson Brasil, 2013. 3.11. SIMMONS, C. H.; MAGUIRE, D. E. Desenho Técnico.São Paulo, Hemus, 2004. 4. CONDIÇÕES GERAIS: 4.1. A solicitação de inscrição deverá atender ao Edital de Condições Gerais nº 96/2013, disponível em: http://www.ufabc.edu.br/images/concuros_docentes/Edital-96-2013-com-alteracoes.pdf 4.2. O prazo de validade do concurso será de 01 (um) ano a partir da data de publicação do Edital de Homologação do Resultado Final do Concurso, podendo ser prorrogado por igual período. 4.3. As provas deverão ocorrer em até 6 (seis) meses, a contar da publicação do Edital de Homologação das Inscrições. 4.4. É parte integrante do presente, o Edital de Condições Gerais nº 96/2013 e alterações, que o candidato, ao se inscrever para o concurso, declara ter conhecimento. 4.5. E, para que chegue ao conhecimento dos interessados, EXPEDE o presente Edital. KLAUS WERNER CAPELLE

 


Publicado por Hamilton F Menezes em 16/06/2017 às 09h34